Carolina Lino Yoga
EN

Mitos sobre o Yoga

12 agosto 2022

Mitos sobre o Yoga
Mitos sobre o Yoga

O Yoga, prática milenar de há cinco milénios atrás, tem adquirido popularidade no nosso quotidiano. Porém, quanto mais popular o Yoga se torna, mais ideias erradas parecem surgir à sua volta. Entre tantas informações difundidas sobre a prática, existem visões realistas e outras um tanto distorcidas. Este artigo pretende desmistificar algumas das ideias erradas associadas a esta prática.


1. Para praticar Yoga é preciso ser vegano ou vegetariano

A dieta vegana/vegetariana ajuda no processo evolutivo do praticante do Yoga, contudo esta opção alimentar deve ser algo natural no praticante e não algo imposto exteriormente. Assim sendo, a prática do Yoga não é incompatível com as opções alimentares de cada um de nós. Yoga significa unir-se, reconectar-se com a sua essência. Aproveite a caminhada e com o aprofundamento da prática, o seu corpo lhe dirá quais alimentos que contribuem para o seu bem-estar.


2. Yoga é religião

O Yoga é um estilo de vida, começando pela forma como olhamos o mundo, as pessoas e a nós próprios. Muito mais do que um modo de pensar, é uma filosofia de vida, uma forma de estar. É um caminho que nos ajuda a tomar consciência da dimensão espiritual da vida e a estarmos mais em sintonia com ela.


3. O Yoga é para mulheres

Esse é um dos mitos mais sexistas que rondam o Yoga, e muitas pessoas o veem como uma atividade apenas dirigida para um público feminino. Assim sendo, é notório que o público masculino seja mais resistente, prescindindo, desta forma, da experiência do Yoga. Mas, passado este preconceito, percebem que o Yoga é para todos, sendo uma questão de bem-estar e não de género.


4. É preciso ser flexível para praticar Yoga

O Yoga não é ginástica ou acrobacia. A nível físico, cada praticante deve ouvir o seu corpo e respeitar os limites que esse impõe e compreender as suas capacidades. Por isso, muitas das posturas possuem adaptações e variações. Com o tempo, o corpo irá ganhando cada vez mais flexibilidade. Se acha que hoje não é flexível, imagine daqui a uns anos.


5. Pessoas acima do peso não conseguem praticar Yoga

As questões de peso e do seu excesso, especificamente, podem dificultar a prática de posturas, mas não as limitam, pois a prática de Yoga é diferente e única para cada um. O Yoga foi pensado como algo universal e inclusivo, para todas as pessoas. Jovens e idosos, atletas e sedentários, doentes e saudáveis, gordos e magros, altos e baixos. Caso busque emagrecimento, o ideal será aliar o Yoga a algum outro exercício como caminhadas e bicicleta.


6. Yoga é uma prática só para gente calma

O Yoga ajuda imensamente aqueles que demonstram mais dificuldade em lidar com o silêncio, com a tranquilidade, a concentração e a respiração.
Geralmente quem se apaixona mesmo pela prática são os que levam uma vida stressante e agitada e encontram na prática de Yoga um refúgio. Se és dessas pessoas que precisa urgentemente de relaxar, diminuir a ansiedade, os níveis de stress e gostarias de obter todos os outros milhares de benefícios que a prática de Yoga oferece, não hesite em experimentar, e se não gostar, tente outro tipo de Yoga.