EN

Yoga na vida de uma pessoa com deficiência

3 janeiro 2022

A prática de Yoga é um ato de inclusão social

A filosofia e os princípios do Yoga podem ser aplicados a todas as pessoas, de todas as faixas etárias, classes sociais, níveis intelectuais e, inclusive, para quem é portador de necessidades especiais. Através do Yoga a pessoa amplia os seus potenciais, contribuindo para uma vida plena e saudável.
As aulas assentam nas técnicas tradicionais do Yoga, adaptadas a cada caso: ásanas (posturas físicas), pránáyámas (técnicas de respiração), yoganidrá (relaxamento), danças, mantras (cânticos devocionais) e dhyána (meditação), respeitando as características e contingências de cada um.

Que benefícios retiramos da sua prática?


Melhor controlo da respiração


A respiração é o alicerce de toda a nossa existência e de todas as possíveis mudanças.
Com a prática regular de Yoga, aprendemos a tornar consciente o ato de respirar, oxigenando assim todo o sistema, controlando a energia vital (Prána), levando a um maior domínio das emoções e pensamentos.


Alivia o stress, a ansiedade e a tensão

As técnicas de respiração são importantes, pois permitem oxigenar o cérebro, renovar o ar residual armazenado nos pulmões, aliviar o stress do quotidiano, reduzir a ansiedade e a tensão. Com isso, aumenta o espaço para a criatividade, bom humor e autoaceitação.


Desenvolve a capacidade motora e consciência corporal

Além de desenvolver a capacidade motora e consciência corporal, também trabalha a coordenação motora, postura, força muscular, flexibilidade e respiração.
Todas essas qualidades são adquiridas com a prática do Yoga, com isso a pessoa reconecta-se com o próprio corpo, tomando consciência de que as barreiras e limitações de cada um de nós podem ser superáveis.


Melhora da autoestima

Com o tempo e com a prática regular do Yoga, as pessoas vão conhecendo o seu corpo aceitando-o, com as suas potencialidades, e com os seus problemas e as suas dificuldades. Tudo se vai tornando mais percetível, contribuindo dessa forma para um aumento da autoestima.


Estimula a independência, a autonomia e a integração social

Praticar Yoga em grupo ajuda muito à integração, pois o grupo é um porto seguro, onde há partilha, apoio, diversão e entrega. O contato com o grupo é terapêutico, pois evita a solidão, fazendo com que se integram melhor na sociedade, estimulando assim a independência e autonomia no dia a dia.

As aulas de Yoga para indivíduos com necessidades educativas especiais acontecem todas as semanas entre uma a duas vezes na Associação Seara do Trigo e Aurora Social.
Abaixo seguem os testemunhos das psicólogas das Associações acima referidas e dos meus alunos de yoga.


Testemunhos:

“Num mundo onde é cada vez mais importante saber parar, apreciar o momento, regular as nossas emoções e aprendermos a conhecer a nossa essência, é particularmente especial quando expressões como: "vamos respirar, assim, olha como eu faço", "aproveita e relaxa", "olha para mim a fazer a saudação ao sol", entram no nosso quotidiano pela mão dos nossos jovens e adultos do CACI (Centro de Atividades e Capacitação para a Inclusão). O aumento da autoestima, o empoderamento pessoal, o desenvolvimento de estratégias graduais de autorregulação são ferramentas essenciais que vemos crescer nos nossos clientes e que mostram como o Yoga é uma prática super inclusiva e ao alcance de todos. Nem todos os nossos jovens se identificam com a prática de Yoga, respeitamos isso, mas para quem gosta e vai às sessões, fazem depois questão de partilhar connosco no CACI.”   
Drª Ana Nabais
Associação Seara do Trigo

“Ao longo do período que tenho vindo a acompanhar, enquanto psicóloga da instituição vejo que os utentes exercitam o corpo e a mente, consequentemente resultam diversos benefícios desta atividade, tais como, melhora a consciência corporal e do movimento, da consciência respiratória, da agilidade, disposição, equilíbrio, força muscular, melhora a coordenação motora e resistência física, melhora da autoestima, da autonomia e promove a integração social. Desta forma, o Yoga pode ser uma boa estratégia na prevenção de doenças secundárias à deficiência.
O feedback dos utentes tem se mostrado positivo, para além de ser percecionado como uma
atividade prazerosa, encaram-no como sendo uma atividade de relaxamento, deixando-os tranquilos, estimulando e promovendo o bem-estar psicológico. Foi pedido a alguns utentes que participam nesta atividade o seu testemunho, deste modo, disseram que o yoga lhes transmite tranquilidade, que dos exercícios que fazem, um dos seus preferidos é o relaxamento. Também mencionaram os exercícios de alongamento, apesar de sentirem dificuldade, dizendo que são um pouco difíceis, mas que fazem bem ao corpo, acrescentaram gostar da professora de Yoga que lhes ajuda a fazer os exercícios e é muito querida.”
Drª Marlene Raposo
Associação Aurora Social