EN

Sexualidade: Como o Yoga pode ajudar

12 Setembro 2021

Trabalho, atividades domésticas, filhos, compras, condução e cansaço. Qualquer um de nós revê-se neste quotidiano. Consequências: anda sem grande desejo sexual? Não se sente confortável com o seu corpo? Não se sente confiante? Do stress à falta de autoestima, passando pela falta de energia ou até mesmo bloqueio emocional, são muitos os fatores que podem afetar a libido. E o yoga pode ajudar a reconciliar-se com seu corpo e redescobrir a sua feminilidade/masculinidade.

O yoga melhora o estado da mente
Tristeza, ansiedade e stress sugam a sua energia vital e sexual. O yoga, ajuda a que se afaste de pensamentos negativos, a colocar as emoções em ordem, a reduzir ainda o stress e a ansiedade. A liberação física e mental ajuda-o a gerir certas inseguranças que o aprisiona.  

O yoga potencializa o prazer
Moola bandha é uma contração perineal que estimula o sistema sensorial-motor e nervoso autônomo na região pélvica. Acredita-se que moola bandha inerva diretamente as gônadas e o corpo / colo do útero perineal. Com isso, o corpo responde de forma muito mais intensa aos estímulos, amplificando as sensações, fazendo com que o prazer seja muito maior.

Melhor controlo da respiração
O yoga além de contribuir positivamente na qualidade do sexo, também melhora na circulação sanguínea e respiração. O corpo se movimenta melhor, o sangue circula com mais facilidade e o oxigênio chega a todos os tecidos. Com isso, o corpo responde de forma muito mais intensa aos estímulos. 
O objetivo é equilibrar o sistema nervoso que controla todas as glândulas do corpo. A vida sexual depende do equilíbrio dessas glândulas. Quanto maior a consciência corporal do casal, maior a possibilidade de diversificação de posturas durante o ato sexual. 

Aceitar o corpo
O yoga é um caminho de autodescoberta, permitindo conectar corpo, mente e espírito. Promove a aceitação do próprio corpo e a entender que as diferenças são naturais. Portanto, a pessoa sente-se muito mais confiante e segura para aproveitar o momento sem complexos, o que é essencial para ter prazer.

Melhor circulação
As posturas do yoga ativam e melhoram a circulação e a oxigenação de órgãos, tecidos, músculos e todo o sistema reprodutivo.  O bom desempenho sexual depende da boa capacidade cardiovascular, que melhora com as posturas do yoga. A boa vascularização em todo o corpo e, principalmente nas áreas genitais, estimula o desejo e melhora o prazer sexual. 

Flexibilidade e resistência muscular
Há posturas específicas para o quadril e para órgãos genitais que o farão redescobrir estas áreas do corpo. Além do yoga tonificar e fortalecer os músculos do pavimento pélvico aumenta a conscientização dessa zona. 

Maior conexão com o parceiro
A prática de yoga em casal melhora a empatia e cria intimidade, respeito, compaixão e carinho um pelo outro, tanto a nível sexual como emocional. As práticas regulares de yoga ajudam a lidar de forma mais positiva o dia a dia. Mais calmos, sentem-se mais atraídos, aumentando a vontade de estar juntos.

"Yoga significa adição. Adição de energia, força e beleza ao corpo, mente e alma". 
Amit Ray